sábado, 16 de agosto de 2008

MOTO CLUBE DO PORTO/ALPI PRESENTE EM TORNEIO MEDIEVAL DE ALJUBARROTA





























Este Sábado o Moto Clube do Porto/Alpi Portugal, fez-se apresentar no Torneio Medieval de Aljubarrota, organizado pela Academia de Xadrez da Benedita.

Aos quatro cavaleiros do MCP, juntou-se o bispo José Padeiro, para nos benzer nas "justas" que teriamos de disputar.

Fazendo um pouco de história convém lembrar, que este torneio se inseria numa feira medieval, em que se celebrava a efeméride sobre a Padeira de Aljubarrota, de seu nome Brites de Almeida.

Comemorava-se a batalha em que no reinado de D. João I, Mestre de Avis, os portugueses, sob o comando do valoroso comandante do exército, Nuno Álvares Pereira, o Condestável, conduziu, segundo rezam as crónicas, 7000 portugueses que, tiveram que enfrentar e venceram um exército Castelhano de 22000 homens. Ao exército português juntou-se alguns populares, entre os quais a nossa padeira de Aljubarrota, Brites de Almeida. Isto ocorreu no dia 14 de Agosto de 1385.

A Padeira de Aljubarrota, quando regressou a casa encontrou, e, despachou à pazada, desta para melhor, 7 Castelhanos que se encontravam escondidos no seu forno.

Em seguida a Padeira de Aljubarrota, liderou um grupo de mulheres que perseguiu os Castelhanos que se escondiam nas redondezas.

A pá foi guardada como símbolo da independência de Portugal, por muitos séculos, fazendo parte da procissão de 14 de Agosto.

Assim, o ambiente desta feira medieval, fazia-nos recuar no tempo. Andamos no meio de almocreves, trovadores, malabaristas, jograis, arqueiros, adivinhos, e, outros que tais.

Estavam presentes várias profissões, tais como mercadores, artífices, latoeiros, cordoeiros, queijeiros, padeiros, e, até carniceiros. Para compor o ramalhete tinhamos também, mendigos, soldados, saltimbancos, e, músicos.

Para animar as boas almas cristãs, tínhamos muitas iguarias medievais, espalhadas pelas várias tabernas do espaço.

Enfim, os que puderem em próximas edições desta festa, visitem Aljubarrota, e, disfrutem deste belo ambiente.

Passemos ao nosso torneio de xadrez.

O mesmo foi disputado por 38 xadrezistas, entre elementos do clero, nobreza, e, plebe, em representação de 12 exércitos nacionais.

A justa disputou-se em 6 jornadas de 15 minutos.

O grande vencedor foi o cavaleiro de Mem Martins, Don Carlos Carneiro, com 5,5 pontos. No segundo lugar ficou o pajem da AA de Coimbra, João Vicente, com 5 pontos. Finalmente na terceira posição ficou o eclesiástico Jorge Bastos, da Associação de Xadrez da Benedita, com 5 pontos.

Falando dos portuenses presentes, temos a declarar que algo de bastante estranho se passou.

Provávelmente devido ao facto de estarmos praticamente por baixo da estátua da padeira, ela terá ouvido a malta cá do Poortoo a falar dialecto, e, confundiu-nos seguramente por Castelhanos.

Um dizia para o outro: "O pá o gaijo non joga nada carago." ao que o outro retorquia:"se o gaijo jogar comigo, bai lebar uma abada, que inte bai chamar a manhée".

Dona Brites de Almeida, ouvindo estas e outras baboseiras, pensou que eramos Castelhanos, e, rogou-nos uma praga. Levamos umas pauladas da direita, e, lá davamos de borla uma torre. Outra paulada da esquerda, e um bispo ia-se. Enfim, foi um desastre. Até o nosso José Padeiro levou duas "bordoadas" (nem ser também padeiro o safou), que o fizeram desconcentrar, e perder duas partiditas.

Para que saibam, não é que nós sejamos inferiores aos nossos contendores. Não senhor. O que não podemos é aguentar os adversários, sob a influência nefasta, de tão importante personagem.

Para a próxima vamos deixar de falar o nosso dialecto, e, talvez falar em inglês, que é uma língua que está na moda.

Peço desculpa vos ter maçado com estes queixumes.

CLASSIFICAÇÃO INDIVIDUAL:

1º 2 Carneiro Carlos 2269 POR Academia Xadrez Mem Marti 5½ pontos
2º 13 Vicente Joao 1682 POR A. A. Coimbra 5 pontos
3º 9 Bastos Jorge 1882 POR Academia Xadrez Benedita 5 pontos
4º 3 Costa Paulo 2205 POR A. A. Coimbra 4½ pontos
5º 7 Pinto Andre Filipe Tempero 1941 POR Xeque Mate S Martinho Por 4½ pontos
6º 1 Padeiro Jose 2270 POR Academia X Gaia 4 pontos
7º 6 Sousa Emanuel 1961 POR Moto Clube Porto 4 pontos
8º 21 Lopes Jose Tomas 1500 POR UZona Alta T Novas 4 pontos
9º 12 Marques Hugo 1722 POR Academico Torres Vedras 4 pontos
10º 11 Marques Carlos 1762 POR Academico Torres Vedras 4 pontos
11º 8 Kaku Ricardo 1907 POR UCA 4 pontos
12º 15 Manuel Marco 1583 POR Academico Torres Vedras 4 pontos
13º 4 Martins Rodolfo 2030 POR Academico Torres Vedras 3½ pontos
14º 10 Dias Carlos 1847 POR AC Sismaria 3½ pontos
15º 5 Diogo Antonio Mamede 2026 POR AR Penichense 3 pontos
16º 28 Ferreira Hugo Costa 1465 POR Santoantoniense FC 3 pontos
17º 14 Matos Antonio 1656 POR Moto Clube Porto 3 pontos
18º 31 Ferreira Lidia 1365 POR Academia Xadrez Benedita 3 pontos
19º 26 Vicente Antonio 1500 POR Alcobaça 3 pontos
20º 27 Mano Avelino 1485 POR Academico Torres Vedras 3 pontos
21º 32 Borges Joao 1250 POR Academia Xadrez Benedita 3 pontos
22º 18 Fernandes Mario 1500 POR Moto Clube Porto 3 pontos
23º 35 Ferreira Luis Pedro 1100 POR AR Penichense 3 pontos
24º 37 Jorge Rita 1050 POR AR Penichense 2½ pontos
25º 25 Santos Luis Lima 1500 POR AR Penichense 2½ pontos
26º 17 Delgado Aldemar 1500 POR Academia Xadrez Benedita 2½ pontos
27º 30 Santos Ines Lima 1428 POR AR Penichense 2½ pontos
28º 16 Duarte Afonso 1537 POR Moto Clube Porto 2½ pontos
29º 29 Lopes André 1450 POR Academia Xadrez Benedita 2½ pontos
30º 33 Ferreira Beatriz 1200 POR AR Penichense 2 pontos
31º 19 Ferreira Carlos 1500 POR Santoantoniense FC 2 pontos
32º 36 Lopes Antonio 1100 POR Academia Xadrez Benedita 2 pontos
33º 38 Santana Miguel 1050 POR AR Penichense 2 pontos
34º 20 Ferreira Luis Miguel 1500 POR AR Penichense 1½ pontos
35º 22 Oliveira Paula 1500 POR AR Penichense 1 pontos
36º 34 Santana André 1200 POR AR Penichense 1 pontos
37º 24 Santos Ana Paula 1500 POR AR Penichense ½ pontos
38º 23 Oliveira Simão 1500 POR AR Penichense ½ pontos

EQUIPAS:
Académico de Torres Vedras - 15,5 pontos
Academia Xadrez da Benedita - 13,5 pontos
Moto Clube do Porto/Alpi Portugal - 12,5 pontos

Fotos by Juliana Chiu
Texto by Afonsov
Bookmark and Share

CORPO REDATORIAL DO MOTO CLUBE DO PORTO/ALPI REFORÇADO















.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

Começamos este nosso blogue como uma brincadeira, e, para darmos algumas notícias rferentes à secção de xadrez do Moto Clube do Porto / Alpi Portugal.


Depois passamos, a dar também, notícias de outros clubes da zona de influencia da AXP. Logo a seguir começamos a dar notícias de carácter nacional.



O passo seguinte foi dar notícias internacionais sobre xadrez, e, também algumas curiosidades ligadas ao xadrez internacional.

Subindo mais um degrau, começamos a meter umas pequenas notícias e curiosidades sobre a origem e história do xadrez.

Embora sem grandes pretensões, dado o carácter de amadorismo que patenteamos, começamos a praticamente a pôr um "post" diário, dado que o "feedback" que nos chegava é que já tinhamos alguns "leitores" regulares que se estavam habituando a vêr estas pequenas notícias.

Todo este material "jornalistico" tem, umas vezes, um ar sério, outras vezes nem por isso.

Achamos que podemos dizer coisas sérias de uma forma descontraída, gozando um pouco com tudo isto. Também nos dá gozo brincarmos com estas coisas, e, partilharmos com os outros, as nossas ideias, e, os nossos pontos de vista.

No entanto, dado que o editor destas pequenas notícias/crónicas, tem o tempo reduzido, era difícil manter o blogue com notícias tão frequentes, sem qualquer ajuda.

Decidimos então alargar o nosso "corpo redatorial", de forma a que havendo mais do que uma fonte, podermos manter, e, se possível melhorar este nosso blogue.

A intenção é de que o pessoal ligado, de alguma maneira, ao xadrez, tenha mais um local onde regularmente possa ver umas noticiazitas.

Assim, a partir de agora ficamos com os seguintes elementos, que irão "alimentar" o nosso blogue:
  • Afonso Duarte - editor
  • António Mendes - editor
  • Mário Fernandes - editor
  • António Matos - parte técnica
  • Juliana Chiu - fotografia
Só faltaria que o pessoal fosse mais interveniente. De uma maneira geral, pouca gente participa nos blogues, dando a sua opinião, fazendo a sua crítica, dando a sua sugestão.

Este tipo de ferramentas, tem interesse que tenha um carácter de inter-actividade.

Divirtam-se e participem.

Fotos by Juliana Chiu
Texto by Afonsov
Bookmark and Share

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

AS QUARTAS FEIRAS NO MOTOCLUBE



Mais uma noite de xadrez no Moto Clube do Porto, ontem apareceram 10 jogadores, para lutar por mais um titulo , "o de melhor jogador de rápidas dos que aparecem ás 4ªs feiras"!!


O Torneio começou com algum atraso, o que é bom ,pois os jogadores tiveram tempo para confraternizar antes do período de concentração.Jogamos todos contra todos partidas de 5 minutos, sem incremento de tempo, podia-se falar e comentar jogadas, beber umas cervejas, sumos etc....regras rigorosas para dar um tom credivel a estes torneios!




Passo já para a classificação pois assim entendem melhor a análise detalhada das actuações que farei a seguir...


CLASSIFICAÇÃO FINAL:
1º Luis Araújo..............9 pts
2º Emanuel Sousa.......8 pts
3º António Matos........5.5 pts
4ºs Mário Fernandes....5 pts
4º Diana Nogueira.......5 pts
6º Marta Alves............4 pts
7º Afonso Duarte.........3.5 pts
8º Anibal Nogueira......3 pts
9º José Silva.................1.5 pts
10º Manuel Pedroso......1 pt


O Pedroso, continua a treinar, e interessado e aplicado como é ,em breve será mais dificil de bater,o Silva não estava nos seus dias, mas para a próxima contem com ele para os 1ºs lugares, do Anibal espera-se sempre melhor...vinha de chapéu , jogava em casa, tinha o apoio da familia, não estava constipado....., o Afonso começou mal ,mas se o torneio tivesse 32 jogos acho que chegaria ao 1º lugar.


Que dizer da Marta? ganhou-me.....!está cada vez mais forte.A nossa campeã nacional com 5 pts já nem é surpresa a Diana continua a sua ascensão e se eu fiquei com os mesmos pontos da campeã nacional não me parece mal...(ok ok já sei que a Diana tem 10 anos!!)


Falemos dos 3 primeiros.... o Matos consegue o bronze com uma actuação dentro do habitual, só faltou ganhar aos 2 primeiros!O Emanuel e o Luis jogaram o jogo decisivo na 9ª jornada, e dado que eram já 00h30 a vitória do Luís foi "natural", dado que já era muito tarde para o Emanuel, sabe-se que este nosso jogador se deita muito cedo no seu dia a dia para manter a mente sã ,e jogar a estas horas tardias não é seu hábito!


Até à próxima amigos


texto by goodchess
foto by juliana chiu
Bookmark and Share

Campeonato Nacional Absoluto 2007/2008 - Fase Preliminar


Continuamos a acompanhar o desenrolar desta prova, que vai apurar 3 jogadores para a fase final do Campeonato Nacional.



Os 20 primeiros após a 5ª jornada:
1 FM Andrade Jose M Vieira POR 2290 4,5
2 Diogo Vasco POR 2294 4,5
3 Cruz Jorge Filipe Egas Da POR 2074 4,0
4 WFM Coimbra Margarida POR 2093 4,0
5 Oliveira Carlos Andre Ramalho POR 2106 4,0
6 Rego Pedro Filipe POR 2164 3,5
7 Santos Hugo Lima POR 1672 3,5
8 Morais Vitor POR 2107 3,5
9 Ferreira Jorge Viterbo POR 2002 3,5
10 Pereira Ricardo Joao Correia POR 2016 3,5
11 Ferreira Victor Manuel POR 2057 3,5
12 Pereira Edgar POR 2127 3,5
13 Marques Rui Filipe Pereira POR 2184 3,5
14 Silva Miguel Alexandre Gomes POR 2074 3,5
15 Pereira Octavio Sergio Alferes POR 2026 3,5
16 Pires Rogerio Marcial Maximino POR 1954 3,5
17 Fanha Paulo POR 2019 3,0
18 Alho Diogo POR 2288 3,0
19 Teixeira Rafael Goltsman POR 2155 3,0
20 Figueiredo Helder POR 1981 3,0



Ontem o Ricardo Margarido, venceu a sua partida ,e com 3 pontos já se encontra em 26º lugar de um torneio onde competem 69 jogadores.O Jorge Ferreira empatou com o Vitor Morais (elo 2107) e é agora 9º.Após a 5ª jornada ainda existem vários jogadores sem derrotas! (JOSÉ ANDRADE,VASCO DIOGO,JORGE CRUZ,MARGARIDA COIMBRA,VITOR MORAIS , RUI MARQUES E PAULO FANHA.

Será deste lote de jogadores que sairão os apurados??

texto by Goodchess
foto by Juliana Chiu
Bookmark and Share

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

O drama de Schlechter, "O Mestre dos Empates"




Sabiam que.....

KARL SCHLECHTER (1874-1919), grande mestre vienense de xadrez, foi o único desafiante, antes de CAPABLANCA, que LASKER (na época Campeão Mundial de Xadrez) não conseguiu vencer. O match entre ambos, de 10 partidas, foi jogado em Jan-Fev/ 1910, parte em Viena e parte em Berlim e resultou em 5 x 5. O empate beneficiou o campeão.O match foi espetacular, principalmente a última partida, a décima, quando LASKER esteve seriamente ameaçado de perder o título. SCHLECHTER estava com 1 ponto de vantagem quando a partida começou (5 x 4).SCHLECHTER era conhecido, naquela ocasião, como o "MESTRE DOS EMPATES", pois tinha em seu currículo mais empates do que qualquer outro jogador em atividade na época. Em torneios internacionais sempre se colocava muito bem, pois difícilmente perdia partida.A última partida do match foi jogada sob enorme tensão e com muita excitação dos espectadores. A luta estava realmente dramática. SCHLECHTER conseguiu, no meio-jogo, uma posição um pouco superior, suficiente para o EMPATE, conforme alguns autores. Porém, por obra do destino, tal não aconteceu. SCHLECHTER perdeu a partida...
Como foi possível o "MESTRE DOS EMPATES" não empatar uma partida, quando mais precisava fazê-lo ? Ainda mais que o match já vinha vindo com 8 empates! Pela aritmética a disputa estaria ganha de 5,5 x 4,5 a favor de SCHLECHTER, caso ocorresse o empate e assim o título mudaria de mão.
Muitos autores, por desconhecimento, quando relatam este emocionante duelo, mencionam aquela pergunta como sendo a síntese dos acontecimentos.Entretanto, a verdade não é exatamente essa, e aí aparece o fato curioso. Pelas condições impostas pelo campeão para a disputa do match (na época o campeão era o proprietário do título), o desafiante teria que vencer com 2 pontos de vantagem para poder proclamar-se novo campeão. Daí, SCHLECHTER na última partida teve que jogar para ganhar, o empate não interessava em absoluto. E perdeu ! LASKER manteve assim, o título mais uma vez.Com o surgimento da FIDE, o título de campeão deixou de ser propriedade particular e condições como essas não valem mais.



Sem comentários....




Bookmark and Share

CAMPEONATO NACIONAL ABSOLUTO PORTUGAL- Preliminar 2008



Está a decorre na Amadora, o preliminar do Campeonato Nacional Absoluto,com a participação de jogadores da Associação do Porto.No final da 4ª jornada, grande destaque para o jogador do G.D.Dias Ferreira, Jorge Ferreira que com 3 pontos se encontra ainda no grupo da frente!O Jorge ( 24º na ordem de entrada no torneio ) até agora só perdeu a partida que efectuou com o nº 1 do torneio Vasco Diogo (elo 2294 ).Iremos estar atentos às actuações do campeão distrital, nos próximos dias....



Para quem gosta de xadrez, não esquecer que as partidas são transmitidas em directo e a cores via eurovisão, para todo o mundo...bem é para todo o mundo mas só pela net!(entusiasmei-me um bocado agora...!!!!) no site da fpx.


Neste momento e após 4 jornadas a classificação dos 20 primeiros é a seguinte:

1º FM Andrade Jose M Vieira POR 2290 4,0 pontos
Cruz Jorge Filipe Egas Da POR 2074 3,5 pontos
Santos Hugo Lima POR 1672 3,5 pontos
4º WFM Coimbra Margarida POR 2093 3,5 pontos
Diogo Vasco POR 2294 3,5 pontos
Rego Pedro Filipe POR 2164 3,0 pontos
Morais Vitor POR 2107 3,0 pontos
Ferreira Jorge Viterbo POR 2002 3,0 pontos
Oliveira Carlos Andre Ramalho POR 2106 3,0 pontos
10º Pereira Edgar POR 2127 3,0 pontos
11º Teixeira Rafael Goltsman POR 2155 3,0 pontos
12º Figueiredo Helder POR 1981 3,0 pontos
13º Silva Miguel Alexandre Gomes POR 2074 3,0 pontos
14º Pereira Ricardo Joao Correia POR 2016 2,5 pontos
15º Santos Julio POR 2095 2,5 pontos
16º Ferreira Victor Manuel POR 2057 2,5 pontos
17º Fanha Paulo POR 2019 2,5 pontos
18º Marques Rui Filipe Pereira POR 2184 2,5 pontos
19º IM Durao Joaquim POR 2125 2,5 pontos
20º Pires Gustavo POR 1959 2,5 pontos


Não esquecer hoje ás 19h30 a 5ª jornada
texto by (quer dizer: por, de ,ou da autoria de ) goodchess
Bookmark and Share

terça-feira, 12 de agosto de 2008

O ENIGMA DO NASCIMENTO DO XADREZ



.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.

A questão da origem do Xadrez é um excitante desafio.
As referências mais antigas são encontradas em romances épicos, escritos em Pahlavi (Persa antigo), cerca de 600/625 AD.
Eles apresentam Chatrang (xadrez), como uma invenção Indiana, trazida para a corte do Shah.
Na China, a primeira indisputável fonte aparece cerca de 800 AD, apesar de ser uma mais recente, datada de 569. Alguns especialistas defendem que o jogo referido não é xadrez. As semelhanças entre ambos os jogos são demasiado grandes para que se possa negar uma ligação entre eles.
Vamos fazer uma pequena apresentação de cada um deles.
O Chatrang Persa (e o Chaturang Indiano) já têm dois exércitos de 16 peças cada, com um tabuleiro de 64 casas.
Cada lado tem:
- 1 Shah, cuja captura é o fundamento do jogo. Ele move-se em qualquer direcção, como o nosso Rei.
- 1 Vizir (Farzir, Firzan em Árabe), que se move na diagonal.
- 2 Elefantes (Pil, Fil em Árabe), que se movem duas casas, na diagonal, saltando por cima da casa intermediária, se a mesma estiver ocupada.
- 2 Cavalos (Asp, Faras em Árabe), movendo-se obliquamente, exactamente como os nossos modernos cavalos.
- 2 Carroças (Rukh em Persa e Árabe), as quais se movem na octagonal, exactamente como as nossas Torres.
- 8 soldados (Piyadah, Baidaq em Árabe), os quais se movem uma casa para a frente, nunca duas, e, capturam na diagonal para a frente, tal como o nosso peão moderno. Quando chegam à ultima linha, eles são promovidos a Farzin.
Na China, a descrição mais antiga de Xiangqi, com todas as suas peças, é mais recente. Elas são originárias da dinastia Bei Song, cerca de 1000 AD., e são as precursoras do moderno Xiangqi.
Têm dois exércitos, um em azul, e outro em vermelho, com 16 peças colocadas nas intersecções de 8x9 casas do tabuleiro, e 9x10 pontos.
- 1 General (Jiang para os azuis, Shnai para os vermelhos), cuja captura é o fundamento do jogo, e, cujo movimento é de somente uma casa octogonalmente. Ele está limitado aos 9 pontos da sua cidadela.
- 2 Conselheiros ou Mandarins (Shi), também confinados ao palácio, e, que se movem uma casa na diagonal.
- 2 Ministros para as azuis, ou 2 Elefantes para as vermelhas (ambas chamadas Xiang, mas com ideogramas diferentes), as quais se movem duas casas na diagonal. Eles não podem saltar, e, não são autorizados a entrar na metade do tabuleiro do exército opositor.
- 2 Cavalos (Ma), cujo movimento é similar aos nossos cavalos, com a impossibilidade de saltar por cima da primeira casa, se ela estiver ocupada.
- 2 Carroças (Ju), estrictamente similar às nossas Torres nos cantos do tabuleiro.
- 2 Canhões (Pao), colocados antes das tropas da terceira linha.
- 5 Soldados (Zu para os azuis, Bing para os vermelhos), que jogam 1 casa para a frente, desde que estejam na sua metade do tabuleiro. Podem também movimentar-se uma casa para o lado, quando penetrarem no campo opositor. É a sua única forma de promoção. Como todas as outras peças, o seu movimento e captura são idênticos.
A partir desta apresentação, em que as peças têm o mesmo tipo de linhagem, não somente as peças têm movimentos semelhantes, bem como os seus nomes, têm frequentemente o mesmo sentido. A sua posição inicial tem os mesmos princípios.
Pesquisa e tradução by Afonsov
Bookmark and Share

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

ORIGEM DO XADREZ NA EUROPA








Uma equipe de arqueólogos britânicos acredita ter descoberto uma prova de que o jogo de xadrez chegou à Europa por volta do século 6 - mais de 500 anos antes do que até agora se acreditava.
Uma peça do jogo, feita de marfim, foi encontrada em um palácio bizantino, na região da antiga cidade de Butrint, no que hoje corresponde ao sul da Albânia.
A peça, praticamente intacta, tem uma pequena cruz, o que faz os cientistas acreditarem que se trata de um rei ou uma rainha.Até agora, os historiadores achavam que o xadrez só havia se tornado popular na Europa a partir do início do século 12.
Origem asiática"No entanto, parece que as pessoas já jogavam xadrez na região do mediterrâneo central cerca de 500 anos antes", disse o professor Richard Hodges, da Universidade de East Anglia, um dos responsáveis pela descoberta.
Algumas das mais antigas peças de xadrez já localizadas no continente datavam do início do século 12 e foram encontradas nas ilhas Hébridas, na costa oeste da Escócia.
Outras peças do jogo, mais ou menos da mesma época, também foram encontradas no sul da itália.
Acredita-se que o xadrez tenha sido inventado na Ásia - na China, na India ou na Pérsia-, provavelmente no século 5, sendo levado para a Europa depois.
Texto by BBC
Bookmark and Share

CAMPEONATO NACIONAL FEMININO DE ESPANHA


Realizou-se o Campeonato Nacional Feminino de Espanha.


Participaram 34 concorrentes, em representação das várias Regiões Autonómicas do país vizinho.


Se fizermos um parelelismo entre estes campeonatos e o feminino portugues, que ainda há pouco findou, vemos o estádio de desenvolvimento superior em que se encontra o xadrez Espanhol.


Encontramos 8 jogadores tituladas. Treze jogadoras tem ELO acima dos 2000. Várias estão entre os 1800 e os 1900.


Ganhou a jogadora das Canárias Sabrina Vega Gutierrez, com 6 pontos. Em segundo lugar ficou uma representante da Catalunha, Natália Peres Vives, totalizando 5,5 pontos. No terceiro lugar do pódio ficou a Galega, Graciela Redondo Arguellles, com 5 pontos.
Sabrina ao juntar este títuto absoluto feminino, alcança um grande palmarés, dado ter ganho todos os títulos femininos inferiores, à excepção de sub-12. Sabrina é uma verdadeira campeã PARABENS.


Não há dúvida que temos um longo caminho a percorrer até podermos fazer um campeonato deste nível. Não sei se com as actuais estruturas, poderemos tão cedo chegar a este nível.


Que responda quem pode, e sabe...


CLASSIFICAÇÃO FINAL:
1º WGM Vega Gutierrez Sabrina CAN 2281 6,0 pontos
2º FM Pares Vives Natalia CAT 2321 5,5 pontos
3º WFM Redondo Arguelles Graciela GAL 2120 5,0 pontos
4º WFM Vega Gutierrez Belinda CAN 2129 5,0 pontos
5º Aranaz Murillo Amalia AND 1959 4,5 pontos
6º Penas Hernandez Yolanda CAT 2034 4,5 pontos
7º Gonzalez Berruga Ana Isabel CTM 2021 4,5 pontos
8º Collado Barbas Laura MAD 1983 4,5 pontos
9º WIM Garcia Vicente Nieves ARA 2214 4,5 pontos
10º Velandrino Gomez Maria Cielo AND 1995 4,0 pontos
11º WFM Guadamuro Torrente Ana Isabel AND 2105 4,0 pontos
12º Rodriguez Lorenzo Yadira CAN 1984 4,0 pontos
13º Riera Morilla Elizabeth CAT 1915 4,0 pontos
14º WIM Gutierrez Castillo Paloma AND 2157 4,0 pontos
15º Gil Quilez Sonia CTM 2017 3,5 pontos
16º WFM Alfonso Nogue Beatriz CAT 2147 3,5 pontos
17º Ares Campo Iria GAL 2059 3,5 pontos
18º Ruiz De La Torre Perez Cristin RIO 1908 3,5 pontos
19º Crespo Ramos Maria EXT 1560 3,5 pontos
20º Cucarella Montell Angels VAL 1941 3,5 pontos
21º Garcia Elio Elisa CNT 1938 3,5 pontos
22º Nieto Asencio Mari Carmen AND 1746 3,0 pontos
23º Boix Pons Catalina BAL 2022 3,0 pontos
24º Juanes Garcia Olaya AST 3,0 pontos
25º Perez Gonzalez Angela MUR 1822 3,0 pontos
26º Perez Castellano Susana CAN 1857 2,5 pontos
27º Beltran Ortiz Edda G. GAL 1909 2,5 pontos
28º Tormos Beltran Maria Teresa VAL 1783 2,5 pontos
29º Vieito Ribelles Ariadna VAL 1769 2,5 pontos
30º Folch Fuentes Eva VAL 1500 2,5 pontos
31º Ventos Alfonso Alba CAT 1836 2,0 pontos
32º Garcia Picazo Rocio VAL 1779 2,0 pontos
33º Gonzalez Carretero Ana Belen VAL 1744 2,0 pontos
34º Acebal Muniz Maria Concepcion AST 0 0,0 pontos

Texto by Afonsov
Bookmark and Share