quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

NUNO MAIO DO MOTO CLUBE DO PORTO VENCE SUB-20 NO PRELIMINAR DO DISTRITAL DE JOVENS

Realizou-se de 19 a 23 de Dezembro, a fase de Apuramento, dos Campeonatos Distritais de Jovens, em Matosinhos, na Éscola Augusto Gomes.


A prova foi organizada pelo GD Dias Ferreira.


O Moto Clube do Porto, teve seis jovens a representá-lo, nestes campeonatos.


De realce o primeiro lugar, do jogador do Moto Clube do Porto, Nuno Maio, no escalão dos sub-20.
Foto: Nuno Maio, do Moto Clube do Porto.

Alguns jogadores do Moto Clube do Porto, estiveram aquém do que seria de esperar.


Resultados de todos os escalões:



CLASSIFICAÇÃO DOS SUB-20:
1 Maio Nuno POR 1505 1505 Moto C Porto 5,5 0,5 19,0 17,5 1884 4 3,5 2,04 1,46 25 36,5
2 Andrade Nuno Filipe POR 1516 1516 GD Dias Ferreira 5,5 0,5 19,0 16,5 1881 4 3,5 2,13 1,37 25 34,3
3 Neves Tiago Manuel POR 0 1350 Profigaia CC 4,0 0,0 11,0 16,5 1587 4 2
4 Vieira José Pedro POR 1445 1445 GD Dias Ferreira 3,5 0,0 10,0 20,5 1568 3 0,5 1,09 -0,59 25 -14,8
5 Martins João Luis POR 1621 1621 Moto C Porto 2,5 0,0 10,0 21,5 1384 3 0,5 2,03 -1,53 25 -38,3
6 Amorim Vanessa w POR 1406 1406 AP Urb. Vila d'Este 2,0 0,0 9,0 23,5 1362 2 0 0,71 -0,71 25 -17,8
7 Silva Tiago Filipe POR 0 1324 Profigaia CC 1,0 0,0 6,0 18,5 718 4 0



CLASSIFICAÇÃO DOS SUB-18:

1 Cardoso Alexander POR 1650 1650 AX Espinho 5,0 0,0 18,0 19,0 1839 3 2 1,70 0,30 25 7,5
2 Mendes Pedro Miguel POR 1657 1657 GD Dias Ferreira 4,5 0,0 17,5 18,0 1756 5 3,5 3,17 0,33 25 8,3
3 Assunção Francisco Daniel POR 0 1350 AC Alfenense 4,0 0,0 13,0 16,5 1708 4 2
4 Miranda José Pedro POR 1527 1527 GD Dias Ferreira 3,5 0,0 13,0 17,5 1675 3 2 1,05 0,95 25 23,8
5 Simões Miguel POR 1654 1654 GD Dias Ferreira 3,5 0,0 12,5 20,0 1663 4 2 2,26 -0,26 25 -6,5
6 Santos Leonardo POR 1482 1482 GD Dias Ferreira 3,5 0,0 11,5 19,0 1744 3 1,5 1,07 0,43 25 10,8
7 Pintor António Bastos POR 1599 1599 AC Alfenense 3,0 0,0 8,0 13,5 1575 3 1 1,70 -0,70 25 -17,5
8 Figueiredo Duarte POR 0 1272 GD Dias Ferreira 2,5 1,0 12,5 18,5 1542 4 1,5
9 Ribeiro Carlos Daniel POR 0 1258 GD Dias Ferreira 2,5 0,0 7,0 13,0 1410 2 0,5
10 Resende Fernando POR 1467 1467 GD Cem Paus 2,0 0,0 7,0 17,5 1465 3 0 1,05 -1,05 25 -26,3
11 Freitas Ruben Manuel POR 0 1348 Profigaia CC 2,0 0,0 6,0 18,0 1355 3 0
12 Taveira Edgar Emanuel POR 0 1235 AX Gaia 0,0 0,0 0,0 14,0 737 3 0





CLASSIFICAÇÃO DOS SUB-16:


1 Pereira Pedro POR 1500 1500 AX Espinho 5,0 1,0 19,0 19,0 1853 2 1,5 0,89 0,61 25 15,3
2 Wang Rui Yang POR 0 1685 GX Porto 5,0 0,0 17,0 18,5 1836 2 1
3 Pintor José Bastos POR 0 1465 AC Alfenense 4,0 0,0 15,0 19,5 1688 3 2
4 Silva Rui Manuel POR 0 1232 GD Dias Ferreira 3,5 0,5 11,0 18,5 1641 2 1
5 Cunha Ana Filipa w POR 0 1214 Moto C Porto 3,5 0,5 9,5 18,5 1641 2 1
6 Guimarães Pedro Miguel POR 1603 1603 GD Cem Paus 3,0 0,0 13,5 19,0 1583 1 0,5 0,64 -0,14 25 -3,5
7 Marinho António Pedro POR 1476 1476 AX Gaia 3,0 0,0 11,0 20,0 1583 1 0 0,47 -0,47 25 -11,8
8 Ferreira Inês Messeder w POR 0 1418 Moto C Porto 3,0 0,0 10,0 14,0 1580 2 0
9 Martins André Manuel POR 0 1193 Pontex 3,0 0,0 9,0 12,5 1580 2 0
10 Moreira José Pedro POR 0 1178 AP Urb. Vila d'Este 2,0 0,0 7,0 15,5 1475 0 0
11 Pintor João Bastos POR 0 1165 AC Alfenense 1,0 0,0 4,0 15,5 1327 0 0
12 Ribeiro Diana Filipa w POR 0 1160 AC Alfenense 0,0 0,0 0,0 14,5 779 1 0




CLASSIFICAÇÃO DOS SUB-14:




1 Balu Henish Hemendra POR 1531 1531 GD Dias Ferreira 5,0 0,0 19,5 20,0 1832 1 0,5 0,73 -0,23 25 -5,8
2 Dias Tiago Babo POR 0 1497 GX Porto 4,5 1,0 15,0 20,0 1741 2 1
3 Teixeira Francisco Miguel POR 1355 1355 AX Gaia 4,5 0,0 19,0 18,0 1716 2 1,5 0,57 0,93 25 23,3
4 Seabra Nuno POR 0 1200 GD Dias Ferreira 4,0 0,0 14,0 18,5 1714 1 0
5 Sousa Emanuel Luis POR 0 1506 AP Urb. Vila d'Este 4,0 0,0 12,0 16,0 1725 0 0
6 Pinho Ricardo Brandão de POR 0 1630 GX Porto 4,0 0,0 11,0 17,0 1840 0 0
7 Castro João Pedro POR 0 1361 AP Urb. Vila d'Este 3,5 0,0 16,0 20,5 1567 2 1
8 Alves Tiago POR 0 1353 AX Gaia 3,5 0,0 13,5 20,5 1605 2 0,5
9 Martins Daniel Fernando POR 0 1074 AX Gaia 3,0 0,0 12,0 19,0 1475 0 0
10 Ferreira Paulo Bento POR 0 1159 AX Gaia 3,0 0,0 10,0 14,5 1444 1 1
11 Coelho Nelson Filipe POR 0 1131 Pontex 3,0 0,0 9,0 15,0 1600 0 0
12 Goncalves Rui Pedro POR 0 1175 GD Dias Ferreira 3,0 0,0 7,0 17,5 1407 0 0
13 Dias Pedro POR 1506 1506 AX Gaia 2,0 0,0 10,0 17,0 1346 1 0 0,70 -0,70 25 -17,5
14 Pereira Tiago Luís POR 0 1186 AC Alfenense 2,0 0,0 7,0 16,0 1360 0 0
15 Alves Bruno Horácio POR 0 1200 AP Urb. Vila d'Este 2,0 0,0 5,0 12,0 777 1 0
16 Pinho Eduardo POR 0 1208 AX Gaia 1,0 0,0 4,0 17,0 1390 1 0
17 Pinto José Pedro POR 0 1200 AX Gaia 1,0 0,0 4,0 16,5 0 1 0




CLASSIFICAÇÃO DOS SUB-12:
1 Silva Diogo Carvalho POR 0 1200 GD Dias Ferreira 5,5 0,0 18,5 17,0 2001 0 0
2 Lomba Baltazar POR 0 1205 Pontex 4,0 0,0 16,0 18,5 1725 0 0
3 Silva Beatriz Sofia w POR 0 1127 GD Cem Paus 4,0 0,0 13,0 18,5 1725 0 0
4 Leitão João António POR 0 1207 GD Dias Ferreira 4,0 0,0 11,0 17,0 1725 0 0
5 Real Filipe Miguel POR 0 1209 AX Gaia 3,5 0,0 8,5 14,0 1600 0 0
6 Oliveira Irina Filipa w POR 0 910 AP Urb. Vila d'Este 3,0 0,0 14,0 19,5 1407 0 0
7 Marriós Ruben POR 0 1134 GD Cem Paus 3,0 0,0 13,0 18,5 1600 0 0
8 Pedroso Pedro Dinis POR 0 1073 Moto C Porto 3,0 0,0 11,5 17,5 1600 0 0
9 Gomes Hugo Filipe POR 0 1172 AC Alfenense 3,0 0,0 10,5 20,0 1600 0 0
10 Oliveira Pedro Emanuel POR 0 1093 AP Urb. Vila d'Este 3,0 0,0 10,0 16,0 1600 0 0
11 Leites Francisco POR 0 1090 GD Dias Ferreira 3,0 0,0 8,0 17,5 1528 0 0
12 Araújo Eduardo José POR 0 1150 XM Rosário 2,0 0,0 8,0 18,0 1360 0 0
13 Almeida Ana Catarina w POR 0 1020 AP Urb. Vila d'Este 1,0 0,0 5,0 16,5 800 0 0


CLASSIFICAÇÃO DOS SUB-10
1 Oliveira Gustavo POR 0 1204 GD Cem Paus 5,0 1,0 16,0 19,0 1873 0 0
2 Lopes Tiago Paulo POR 0 1099 Pontex 5,0 0,0 15,0 18,5 1873 0 0
3 Pedroso Paulo Duarte POR 0 1117 Moto C Porto 4,0 1,0 18,0 19,0 1672 0 0
4 Sá Luis Afonso POR 0 1099 Profigaia CC 4,0 0,0 16,0 19,5 1725 0 0
5 Peneda Rafael POR 0 1125 GD Dias Ferreira 3,0 1,0 9,0 17,5 1600 0 0
6 Pinto Diogo Costa POR 0 1100 Profigaia CC 3,0 0,0 10,0 16,5 1528 0 0
7 Oliveira Rafael POR 0 1045 AP Urb. Vila d'Este 2,5 0,0 12,0 18,0 1513 0 0
8 Rego Martim Filipe POR 0 1100 Profigaia CC 2,5 0,0 9,5 16,0 1278 0 0
9 Nunes Bernardo Miguel POR 0 996 AX Gaia 2,0 1,0 7,0 18,0 800 0 0
10 Aguiar Cristiana Maria w POR 0 1012 AP Urb. Vila d'Este 2,0 0,0 6,5 16,0 1407 0 0
11 Tavares Cláudia Sofia w POR 0 1150 AX Gaia 1,0 0,0 4,0 14,5 0 0 0




CLASSIFICAÇÃO DOS SUB-08:
1 Ribeiro André Amorim 0 POR 0 1050 Profigaia CC
2 Almeida Henrique 0 POR 0 1050 Profigaia CC
3 Silva Rafael Luis 32907 1925857 POR 0 1026 GD Cem Paus
4 Barros Marta Alexandra 31676 POR 0 1021 w AP Urb. Vila d'Este
5 Silva Júlio 33175 1925725 POR 0 1020 Pontex
6 Nunes Beatriz Alexandra 33300 1926438 POR 0 906 w AX Gaia


Posted by Afonsov

Bookmark and Share

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

MOTO CLUBE DO PORTO TAMBÉM "ESMIUÇA" NO PASSEIO DE NATAL

Esmiuçamos o Corno do Bico 20-12-2009


Passeio de Natal deu uso à roupa térmica MCP


O MC Porto cumpriu até mais do que prometeu para este passeio de Natal 2009 pois para além do simples e informal evento mototurístico em excelentes e curvilínias estradas do Alto Minho, tivemos um dia de sol radioso neste domingo, 20 de Dezembro, que brindou a caravana de 32 motociclistas em 23 motos até Paredes de Coura.



Mas também é preciso dizer que se alguém duvidasse das baixas temperaturas vividas, as encostas do concelho de Arcos de Valdevez, completamente brancas da geada, mostravam bem como os termómetros andavam gélidos. Não eram só as ervas que estavam brancas. Eram giestas de dois metros de altura, muros, matos, árvores. Havia troços que quase lembravam nevões.
Mas o melhor do percurso, a Paisagem Protegida do Corno do Bico, estava ensolarada e magnífica.



Deliciados no carvalhal



Com a pontualidade costumeira dos sócios do MC Porto, os cafés começaram a sair de manhã na sede para que, após os habituais minutos investidos em conversa de grupo (brifalhada em português), a caravana se colocasse na estrada.
Na frente das 23 motos, um estreante nestas andanças: o Vasco Rodrigues, vespista e homem das trails que assim organizou o seu primeiro passeio de estrada para o MC Porto. E começou bem.
Idealizou um percurso muito, muito bonito no Alto Minho.
Contando com o regresso, tivemos cerca de duas horas e meia de autoestrada, duas horas de estradas nacionais e municipais e uns 30 minutos de estrada não pavimentada.



Para lá, fomos até aos Arcos no ritmo do mais recém-encartado do clube, o João Soares, filho do nosso Manel nº1. Parabéns, já vai na 2ª geração.
Diante da estátua dos cavaleiros que recordam o recontro medieval, as motos pararam meia horita para uma cafezada valente e aquecer os ossos num café panorâmico e confortável.
Aí começou a passeata com a subida ao Castelo, carvalhal de Miranda e miradouro de Senharei, sobre o vale do Vez.
Estavamos no último dia do Outono 2009 e os carvalhos e demais floresta vincavam a data.
Tons castanhos e amarelados encantavam a comitiva, numa região montanhosa felizmente ainda não achacada pelos eucaliptos. Um consolo.
No miradouro, atafulhou-se o pequeno espaço com as motos e foi hora de brincadeira e reconhecer as cristas das serras do Soajo, Amarela e Peneda.



Garranos motorizados



Por coincidência encontramos o João Paulo Fonseca e Mi na sua RT e fomos então para o ex-libris do concelho de Paredes de Coura, a Paisagem Protegida do Corno do Bico.
A sua travessia é feita em estrada de terra batida, em bom estado. Mas nem foram as regueiras que fizeram suar um ou outro motociclista menos habituado. Foram alguns troços com finas camadas de lama que puseram os sócios em sentido. Nada por aí além e que foram compensados pelos magníficos carvalhais atravessados. Houve quem visse duas manadas de garranos, quem visse só uma, quem não visse nenhuma.
Pena não termos parado no miradouro a cerca de 800 metros de altitude. Estava na hora de sentar à mesa, momento esperado por todos e que aconteceu logo de seguida no restaurante O Lino.
A mesa estava bem posta e durante duas horas aviou-se o lombo de porco e muita conversa entre todos. Temos sócios interessantes e que contam episódios curiosos e com humor.



Resumo: um panorâmico teste para os Pinguins


Refeição feita, companhia desfeita. Quase.
Nesta altura do ano os dias são minis. O sol põe-se rápido e não vale a pena rolar às escuras. Atestaram-se depósitos em Paredes de Coura e regressou-se a casa por Ponte de Lima. As despedidas fizeram-se na área de serviço de Viana e ponto final.
Deu uns 286 km da sede à sede, tirou-se o pó às motos e ganhou-se um pouco de lama.
Na memória ficou o convívio das pausas matinais e almoço e o itinerário muito bonito a partir dos Arcos até ao restaurante!
Boa, Vasco!









































Posted by Nestov

Bookmark and Share

domingo, 20 de dezembro de 2009

MOTO CLUBE DO PORTO NA SUA VERTENTE FILANTRÓPICA



MC Porto e Parque Biológico uniram-se pelas crianças 19-12-2009


Natal ambiental para menores da CrescerSer


A união entre o Moto Clube do Porto e o Parque Biológico de Gaia proporcionou um dia muito diferente às 23 crianças e jovens da CrescerSer, associação que zela pelos interesses dos menores e famílias, conseguindo que a pequenada tivesse um contacto directo com lontras, gamos e garças, entre outras espécies da nossa fauna selvagem, momentos ambientais culminados com um pequeno baptismo de moto e aparição do Pai Natal.


Tudo isto no ensolarado sábado, 19 de Dezembro, numa iniciativa do motoclube da Cidade Invicta e a que o Parque Biológico de Gaia (PBG) proporcionou todas as condições para a alegria da pequenada e juventude das casas de acolhimento de Cedofeita e do Vale.


Desta forma, foram 23 rostos sorridentes, dos 3 aos 17 anos de idade, que conheceram os meandros deste espectacular espaço ambiental de Vila Nova de Gaia, podendo até entrar nos cercados das espécies já referidas para os alimentar praticamente à boca bem como aos cágados e gansos-patolas e aos domésticos burros, cabras e aves de capoeiro.


Com a manhã passada e o almoço digerido, as motos entraram em acção, com calmas voltas ao parque de estacionamento do PBG. Com um leque muito variado à escolha e onde não faltava a scooter e motorizada, as motos mais turísticas e confortáveis foram as mais requisitadas juntamente com a curiosa Triumph com sidecar.


O dia não podia terminar sem a aparição do Pai Natal, motociclista claro, que, sob carvalhos e azevinhos, distribuiu a toda a garotada presentes relacionados com o Ambiente e Protecção da Natureza.



Espectacular equipa do MC Porto


E agora que já lemos o press enviado pelo gabinete de imprensa para a comunicação social vamos aos pormenores:


Pontualmente, pelas 8.45 da manhã, os 16 voluntários – um grande Bem Haja para este grupo constituído pelo Jorge Monteiro e Fátima Jesus, Hélio Noddy e Cátia, Lino, Henrique Carneiro, Catarina Almeida, Gisela e Tiago, Sérgio Correia e Raquel, Valente e Arminda, Ulisses Nogueira e Ilídio Neto e posteriormente Rui Sousa e Andreia – juntaram-se ao organizador Ernesto, tomaram a cafezada numa pastelaria perto da sede porque a máquina estava desligada, juntaram-se a alinhavar pormenores em 5 minutos e arrancaram numa caravana de algumas motos e... muitos carros e carrinhas.
Era preciso transportar os 23 miúdos e 7 monitores da Casa de Cedofeita e Casa do Vale.
Foi-se primeiro à de Cedofeita de onde saíram 10 minúsculos duendes de gorro de Pai Natal. Com cadeirinhas, lá entraram para a carrinha do Hélio, carro da Catarina e carrinha do Ernesto. De seguida, a caravana atravessou a cidade e foi dar umas voltas a Campanhã até entupir uma rua do bairro de Contumil. Entraram os espigadotes jovens da Casa do Vale, atentos e matreiros, com aquela atitude alegre e sorrateira própria da idade para a carrinha do Ulisses, e carros da Gisela e Fátima Jesus.
E finalmente a comitiva atravessou a Ponte do Freixo e virou para Avintes.
Estacionados no melhor modelo de espaço natural (como referiu a revista internacional Zoo News após visita aos mais de 50 espaços zoológicos de Portugal!), Daniel, técnico do Parque Biológico de Gaia deu as boas-vindas ao grupo de 48 pessoas e, já com os baldes de peixe, pêras e comida de cão, lá foi a malta bem disposta pelo percurso de descoberta da natureza.



Alimentar espécies selvagens


A manhã, apesar de gélida, estava fabulosa e de sol radioso!
As lontras foram as primeiras a receber o almoço. 4 meninos deram-lhes várias cavalas, seguradas pela cabeça. É que estes mustelídeos gostam de agarrar o peixe pelo rabo.
A lontra é um bom bio-indicador dos nossos rios. Se este não estiver poluído tem lontra de certeza.
Nos nossos passeios mototurísticos já vimos várias vezes os seus vestígios.
Depois da festa no cercado destes simpáticos mamíferos dos rios seguiu-se para as tartarugas. Primeiro as exóticas, que não podem ser libertadas na natureza, e depois as nossas: os cágados. Bom, como estes amigos de carapaça pouco se mexem, a emoção aqui foi pouca.
Mas o Daniel aproveitou para contar coisas interessantes sobre estes reptéis que vemos com frequência nas ribeiras alentejanas e algarvias.
Passamos então ao cercado das garças-reais e gansos-patolas. Mais de 40 pessoas a espreitar no observatório, sem o silêncio devido, fez com que estas aves de alto mar, também conhecidas por alcatrazes, não fizessem os mergulhos espectaculares no lago para onde as crianças atiraram as cavalas.
Passamos novamente à frente.
Mas centenas de metros de carvalhal depois, para lá do texugo, corço, toirões, pegas e gaios, chegamos a nova festa: o cercado dos gamos. Inicialmente entrou um grupo de jovens da Casa do Vale e com os ungulados a virem comer as pêras quase à mão dos satisfeitos rapazes tudo correu na perfeição.
Mas correr atrás dos gamos como fizeram outros miúdos que entraram a seguir fez entornar o caldo.
Com o território invadido, a manada desatou a fugir. O Daniel e o Ernesto bem chamavam mas não fácil tirar a “manada” de humanos de lá de dentro. Ufa, saíram todos e os “bambis” puderam respirar fundo.




Burricada

A manhã desenrolava-se ao ritmo do solstício de Inverno, quase a chegar, e ainda havia muita bicharada com fome.
Atalhou-se mais um bocadinho e pouco depois a comitiva aterrava na quinta. Havia perús, garnizés, várias espécies de galinhas e gansos para alimentar. Pequenitos e menos pequenitos entraram nos capoeiros e deixaram quilos de cereais e grão para engordar as aves.
Depois veio o ex-líbris. As cabras-anãs.
Foi uma desbunda. Todos lhes chegaram, fizeram festas e a diversão foi mais que muita. As crianças da Casa de Cedofeita entraram e ficaram rodeadas destes pequenos e dóceis caprinos. Muito giro.
Faltava o burro.
Dócil, deixou-se afagar e gostou da homenagem que lhe fizeram.
Mas quando se viu rodeado de cada vez mais crianças excitadas aos berros não aguentou a pressão – acontece até aos campeões – e desatou a fugir atropelando quem lhe aparecia na frente.
Foi o rebuliço do dia! Crianças 0 – Burro 1
A pequenada, atónita e sem saber o que lhe tinha passado por cima, saiu do cercado com mais uma lição. Não se pode abusar dos animais. Se queremos que sejam nossos amigos também temos de ser amigos deles.





Baptismo de cara pintada



E com a barriga a dar horas, voltou-se a atalhar pelo caminho mais perto para o restaurante do PBG.
Não vimos os javalis, raposas, bisontes, grifos, caimões, várias espécies de águias e excelentes espaços naturais do vale do Febros. Mas o Parque Biológico não foge.
Organizados, saltamos para a mesa e a comidinha estava boa.
As voluntárias do MC Porto foram espectaculares na ajuda às monitoras das crianças mais pequenas levando tabuleiros e comida à mesa.
Já durante a manhã foram como mães a acompanhar os pequenitos.
De sobremesa, motos pois, que a ganapada não pensava noutra coisa.
Havia alguns que julgavam que íam conduzir...
Habituados a isto, os motociclistas geriram bem as voltinhas. A criançada pequena ficou satisfeita num instante. A Cátia abrilhantou o momento pintando a cara a todos eles. Os adolescentes quiseram experimentar as motos todas! Todas! A custom da Fátima (conduzida pelo Jorge), a Vespa do Tiago, a DT do Ulisses, a Pan do Scotch, o side do Lino (fez furor novamente), a GS do Sérgio ou a fantástica e reluzente harley com que apareceu o Rui Boina mesmo na hora H.
Só a TZR a dois tempos do Valente – que por birra da VFR foi obrigado a baixar de “estatuto” – ficou posta de lado antes que intoxicasse crianças e adultos.



Viva o Natal



E foram voltas e voltas e mais voltinhas ao parque de estacionamento do PBG.
Estava na hora do pai Natal.
Mudou-se de cenário e poucos minutos depois estavamos no parque de merendas, com escorregas, baloiços e “ginásio de musculação”.
E da Lapónia, de capacete NEXX, aparece quem? O Pai Natal!
A criançada correu para ele e rodeou-o aos pinchos.
Com jeito para isto, o Pai Natal – estranhamente parecido com o Hélio Noddy Litos - explicou que veio de moto e fez com que a ganapada reproduzisse o som do motor. Com o ambiente acelerado começou a distribuição de presentes para todos e bem personalizados.
Ninguém ficou de mãos a a abanar. Brinquedos com animais para os pequeninos, binóculos para os do meio e livros para os crescidos. A biblioteca da Casa do Vale saiu enriquecida. E tudo sobre a Natureza.



Chegou a hora do adeus e, satisfeitos, regressamos às carrinhas. Despedimo-nos do Parque e rumamos à confusão da cidade.
Uns ficaram na Casa do Vale, outros em Cedofeita.
Foi um prazer e desejamos as maiores felicidades a esta geração!



Agora vamos até Paredes de Coura, já neste domingo gélido de 20 de Dezembro.
É o Passeio de Natal 2009.
Notícias de seguida.
















Posted by Nestov
Bookmark and Share